Principal objectivo de Daniel Nunes é somar pontos

Notícias - Automobilismo - Camp. Nacional de Ralis @ 8-3-2012

Depois do azar no Rali de Barcelos, a dupla de Sintra Daniel Nunes e Daniel Amaral renovam agora aspirações para a próxima prova do Campeonato Open de Ralis, o Rali de Castelo Branco.

A prova a cargo da Escuderia Castelo Branco será ainda pontuável para o Campeonato de Portugal Júnior de Ralis, Campeonato Regional Ralis Centro e Desafio Modelstand.

Para a dupla do Mitsubishi EVO VI desta feita o grande objectivo é mesmo somar o maior número possível de pontos para os vários campeonatos que a equipa se insere. O início de época foi muito bom, com o segundo lugar no Montelongo e em Barcelos tudo indicava que a equipa iria alcançar novamente mais um segundo lugar, só devido a um azar mecânico foram obrigados a desistir. Assim sendo é essencial para a equipa recuperar esses pontos perdidos para se manter na luta pelo título.

Como nos salienta o jovem piloto que conta com o apoio de ENI que Comercializa Gasolina e Lubrificantes de Competição, Kumho Tyres, Autocenter, Rodinunes Reboques, X2 advertising, Estufas de Pintura Fernando Pereira e Irmão, Expopneu, Restaurante Amaral, Gotruck e Agrovácuo “Com a desistência que tivemos em Barcelos acabamos por perder preciosos pontos para o campeonato, pelo que para o Rali de Castelo Branco queremos essencialmente recuperar o máximo pontos possível. Vamos tentar fazer uma prova como fizemos nestas duas primeiras da época, sem pressões e sempre com um andamento seguro. Vamos tentar ser fortes, mas queremos acima de tudo terminar e recolher o máximo de pontos para o Open, Júnior e também para o Regional Centro”.

O Mitsubishi EVO VI mantém-se muito competitivo, tendo a equipa revisto todo o carro novamente para que tudo corra em pleno. Daniel Nunes e Daniel Amaral ocupam no momento a sétima posição da geral, sendo os terceiros na categoria 2. Em termos de Campeonato Júnior ocupam a terceira posição também.

O Rali de Castelo Branco terá um total de 224 quilómetros, sendo 70 disputados em contra-relógio, pela dupla passagem dos troços de S. Domingos, Fontainhas, Gatas e Mó, havendo ainda na segunda secção do rali a super especial citadina em pleno centro de Castelo Branco.

Nuno Pimenta @ 8-3-2012 00:00:00


Mais